Seguidores

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Relações Brasil-EUA - Política Internacional


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #politicainternacional #brasil #estadosunidos #eua #usa

Ao treinar questões discursivas no Coaching Avançado do Diálogo Diplomático, aprimora-se o conhecimento no que diz respeito às relações entre o Brasil e os Estados Unidos. Conquanto a Europa tenha tido maior participação na diplomacia brasileira no Período Imperial, essa circunstância mudou após a Proclamação da República, sobretudo na chancelaria de Barão do Rio Branco. Este, por meio do que é chamado de “Americanismo Pragmático”, considerava que a aproximação Brasil-EUA promoveria aumento no comércio, proteção contra invasões de europeus, fortalecimento regional e prestígio internacional. Ao longo dos séculos XX e XXI, divergências e convergências fizeram parte deste diálogo bilateral, como as vantagens obtidas nas Guerras Mundiais, o TIAR, a Comissão Mista, o Memorando da Frustração, o Acordo Militar e seu rompimento, a OPA, o rompimento com o FMI, a Aliança para o Progresso, a Operação Brother Sam, a presença na FIP, as indenizações por causa da AMFORP e da ITT, a Seção 301 do American Trade Act, a Guerra no Iraque, o acordo em relação ao urânio do Irã, o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas da base de Alcântara, no Maranhão, etc. CACDistas, o professor Maurício Costa pode orientá-los no estudo para as diferentes matérias e fases do CACD. Por isso, falem conosco pelo contato@dialogodiplomatico.com.


 

quinta-feira, 2 de dezembro de 2021

Conferências nos Anos 1940 - História Mundial


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #historiamundial #conferencias #segundaguerramundial

Ao ter contato com história mundial no Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, vocês aprenderão que uma série de conferências foram criadas no contexto da Segunda Guerra Mundial. Nesses encontros, líderes mundiais delinearam o futuro das relações internacionais. É essencial compreender, portanto, a Conferência do Atlântico (1941), a Conferência de Washington (1942), a Conferência de Casablanca (1943), a Conferência de Moscou (1943), a Conferência do Cairo (1943), a Conferência de Teerã (1943), a Conferência de Bretton Woods (1944), a Conferência de Ialta (1945), a Conferência de São Francisco (1945), a Conferência de Potsdam (1945). Alguns de seus objetivos foram fornecer matéria-prima a países parceiros, traçar planos para as fases da guerra, corrigir divergências, definir o sistema econômico internacional, criar uma organização internacional, fazer divisões territoriais em áreas de influência, criar tribunais para punir responsáveis pela violação de direitos humanos etc. Caríssimos seguidores, o professor Maurício Costa (@malcosta) pode ajudá-los com leituras, revisões, exercícios, simulados completos, dicas e técnicas de prova, para as diferentes fases e disciplinas do CACD. Nosso e-mail é: contato@dialogodiplomatico.com.


 

quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

Vícios de Linguagem - Português/Redação


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #portugues #redacao #escrita #curso #escrever #viciosdelinguagem #gramatica #linguaportuguesa

Vícios de linguagem fazem parte do Curso de Redação do Diálogo Diplomático. Em resumo, estes acontecem mediante desvios nas regras gramaticais da língua portuguesa. Vamos a alguns exemplos? Ambiguidade: Quando uma frase tem duplo sentido. Frase 1: “O cachorro do meu vizinho foi envenenado.”. Cacofonia: Formação de palavras distintas após a junção de dois vocábulos. Frase 2: “Eu fui ao mercado, e lá tinha muita gente.”. Pleonasmo: Repetição desnecessária de um termo. Frase 3: Em sua atividade física, ele subia para cima e descia para baixo.”. Plebeísmo: Utilização de gírias e expressões em uma oração. Frase 4: “Os novos CACDistas ficaram bolados, assim que viram a quantidade de matérias do edital.”. Solecismo: Alteração na regência, na colocação ou na concordância da norma padrão. Frase 5: “Em busca por diversão, ela assistiu um programa de comédia.”. Ainda que algumas dessas citações sejam utilizadas cotidianamente, vocês, como futuros diplomatas, precisam ter uma escrita formal, coesa, coerente e sucinta. Logo, gostariam de aprender a escrever segundo o padrão de correção da banca examinadora do CACD? O professor Maurício Costa (@malcosta) pode contribuir. Nosso e-mail para matrículas é contato@dialogodiplomatico.com.


 

terça-feira, 30 de novembro de 2021

Cláusulas Pétreas - Direito Interno


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #direitointerno #clausulaspetreas

O aspirante à carreira de diplomata treina seu raciocínio jurídico e aprimora seu conhecimento acerca da Constituição Federal de 1988 (CF/88), no Programa de Coaching do Diálogo Diplomático. Em direito interno, ao estudar cláusulas pétreas, deve-se saber o que significam, onde podem ser encontradas e quais seus tipos. Inicialmente, o candidato precisa compreender que cláusulas pétreas são aqueles dispositivos da CF/88 que não podem ser alterados. Ademais, existem duas formas de cláusulas pétreas, que são as explícitas e as implícitas. As cláusulas pétreas explícitas são encontradas no parágrafo 4 do artigo 60 da Constituição Cidadã, as quais são a forma federativa de Estado, o voto direto, secreto, universal e periódico, a separação dos Poderes, os direitos e as garantias individuais. Embora as cláusulas pétreas implícitas não estejam previstas no artigo supracitado, a doutrina e a jurisprudência reconhecem-nas, as quais são a regra 2235, as Forças Armadas, a forma Republicana de governo, o Ministério Público. Futuros secretários, se vocês desejam ter uma preparação que inclua leituras, revisões, exercícios, dicas e técnicas de prova, o professor Maurício Costa (@malcosta) pode direcionar os seus estudos. Por esse motivo, falem conosco pelo contato@dialogodiplomatico.com.


 

segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Crises - Economia


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #economia #crise #mundial #internacional

Crises globais fazem parte do que é aprendido no Coaching Avançado do Diálogo Diplomático, no momento de treinar questões discursivas. Inicialmente, citamos aquilo que é chamado de "Pânico de 1873", cujo surgimento tem a ver com a falência de uma financeira, a Jay Cooke and Company, em conjunto com a dissolução da Bolsa de Valores de Viena. Em 1929, houve a "Grande Depressão", contexto no qual vocês estudam o crash da Bolsa de Valores de Nova Iorque, conhecido como “Quinta-Feira Negra”. Seguidamente, vamos para os anos 1970, período em que aconteceram dois "Choques do Petróleo", em consequência da Guerra do Yom Kippur e do aumento do preço do petróleo por parte de países da OPEP. Os anos 1980 ficaram conhecidos como “Década Perdida”. Nos anos 1990, aconteceram crises no México, em países Asiáticos e na Rússia. Em 2008, sucedeu a falência do tradicional banco de investimento estadunidense, o Lehman Brothers. Além de conhecer as principais crises internacionais, o CACDista deve atentar-se às principais consequências de cada. O New Deal e o G20 são exemplos que se encaixam em alguns dos acontecimentos citados acima. Sabem quais? Matriculem-se pelo contato@dialogodiplomatico e tenham aulas e orientações com o professor Maurício Costa (@malcosta).


 

sexta-feira, 26 de novembro de 2021

Meio Ambiente - Geografia


#cacd #diplomacia #diplomata #meioambiente #geografia #politicainternacional #pi #ri #irbr #mre

No Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, estuda-se o meio ambiente, em geografia. Ao imaginarmos seus antecedentes, retornamos à virada do século XIX para o século XX, momento no qual ocorreram as primeiras tentativas de estabelecer tratados internacionais que regulassem a ação humana no ambiente. Podemos indicar a “Convenção para a Preservação de Animais, Pássaros e Peixes”, a “Convenção para a Proteção dos Pássaros Úteis à Agricultura” e a “Convenção para a Preservação da Fauna e da Flora em seu Estado Natural”. Com a criação da ONU, visou-se não apenas a minimizar os aspectos capazes de desencadear conflitos entre países por causa da falta de alimento ou do acesso a recursos naturais, com a FAO, como também a ter uma organização que propusesse ações no tocante ao meio ambiente, com a UNESCO. Em 1968, aconteceu a “Conferência da Biosfera”, na qual especialistas dialogaram com relação tanto ao uso racional quanto à conservação dos recursos da biosfera. Apesar das tentativas, pode-se afirmar que o marco ambiental partiu de 1972, ano em que houve a CNUMAH. A partir daquele momento, as reuniões e os projetos sobre questões ambientais foram expandidos, tal qual a Eco 92, a Rio+20 e as distintas COPs. Queridos candidatos, o professor Maurício Costa pode prepará-los para as fases e disciplinas do CACD. Dessa forma, não deixem de matricular-se mediante o contato@dialogodiplomatico.com.


 

quinta-feira, 25 de novembro de 2021

Governo Geisel - Política Internacional


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #politicainternacional #governo #geisel #militares #presidente

No Coaching Avançado do Diálogo Diplomático, nossos alunos não apenas aprendem sobre os governos militares, como também fazem questões. A direção de Ernesto Geisel (1974-1979), por exemplo, contém temas recorrentes no CACD, seja na prova de C/E, seja na dissertação. Sob a chancelaria de Antonio Francisco Azeredo da Silveira, executou-se uma política externa mediante um conceito chamado “Pragmatismo Ecumênico e Responsável”, cujo princípio político se traduz na busca de diálogos com diferentes Estados, independentemente de sua matriz ideológica. Além disso, pode-se afirmar que alguns princípios da extinta Política Externa Independente (PEI) foram recuperados, como a autonomia e a diversificação de países parceiros. A título de exemplo, é possível citar o Brasil como o primeiro país a reconhecer a independência de Angola, em 1975, sob o governo marxista do MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola). No Oriente Médio, há destaque para o aumento de comércio e o relacionamento entre o Estado brasileiro e o Iraque, o qual, como resultado, teve negociação de alimentos, automóveis, petróleo, primários, manufaturas etc. No seio das Nações Unidas, a nação brasileira estabeleceu relações diplomáticas com a República Popular da China e rompeu com Taiwan, conquanto tenha mantido relações comerciais, além de haver considerado o sionismo como forma de racismo. Caros seguidores, caso precisem de orientação no que diz respeito aos seus estudos para o CACD, o professor Maurício Costa (@malcosta) pode colaborar. Faça a sua matrícula pelo contato@dialogodiplomatico.com.