Seguidores

sexta-feira, 21 de janeiro de 2022

Haiti - História Mundial


#cacd #diplomacia #diplomata #historiamundial #haiti #mre

Pode-se afirmar que a Revolução Americana, em um modelo instituído pela república, pelo federalismo, pelo presidencialismo e pela constituição, inspirou diferentes movimentos no continente americano. Um dos pontos estudados no Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, para exemplificar, faz referência ao Haiti. Este, país de dominação francesa, iniciou um processo de emancipação política no século XVIII, que se radicalizou quando o fim da escravidão foi decretado nas colônias da França. Como resultado, a insatisfação de escravos e ex-escravos concebeu sua independência política no início do século XIX, o que tornou o Haiti a primeira república negra das Américas. Complementarmente, apesar de o Haiti ser uma pequena ilha na América Central, o temor de sua influência na região fez com que se imaginasse que o “fantasma do haitianismo” pairaria na América escravocrata. Queridos CACDistas, entender os acontecimentos da história mundial não só lhes prepara para os 44 itens da primeira fase, mas também lhes cede conteúdo para as provas discursivas. Se vocês têm interesse em ser orientados semanalmente, portanto, o professor Maurício Costa (@malcosta) pode auxiliar. Enviem um e-mail para contato@dialogodiplomatico.com.


 

quinta-feira, 20 de janeiro de 2022

Artigo 4º da CF/88 - Direito Interno


#cacd #diplomacia #diplomata #direitointerno #constituicao #cf88

No treinamento de questões discursivas de direito interno, os alunos do Coaching Avançado do Diálogo Diplomático aprofundam seu conhecimento quanto à Constituição Federal de 1988. Uma de nossas indicações, por exemplo, faz alusão ao seu artigo 4º, o qual informa que “A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes princípios: independência nacional; prevalência dos direitos humanos; autodeterminação dos povos; não intervenção; igualdade entre os Estados; defesa da paz; solução pacífica dos conflitos; repúdio ao terrorismo e ao racismo; cooperação entre os povos para o progresso da humanidade; concessão de asilo político.”. Complementarmente, seu parágrafo único revela que “A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações.”. Aspirantes ao serviço exterior brasileiro, se vocês almejam preparar-se para as distintas fases e disciplinas do CACD, o professor Maurício Costa (@malcosta) poderá direcionar os seus estudos. Comuniquem-se conosco: contato@dialogodiplomatico.com.


 

quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

Anáfora e Catáfora - Português/Redação


#cacd #diplomacia #diplomata #portugues #linguaportuguesa #redacao #gramatica #mre #itamaraty #bsb

Pode-se afirmar que saber a diferença entre anáfora e catáfora capacita o candidato, ora para a fase objetiva, ora para a redação, uma vez que essa parte do edital está presente nos mais variados gêneros textuais. Por isso, no Curso de Redação do Diálogo Diplomático, aprende-se que, enquanto a anáfora faz referência a um vocábulo escrito anteriormente, a catáfora antecipa uma palavra que será mencionada. Vamos aos exemplos? Frase 1: “Os alunos do Diálogo Diplomático foram aprovados no CACD. Eles serão ótimos diplomatas.”. Frase 2: “A rotina dos novos secretários continha isto: leituras, revisões, aulas, atualidades, traduções e questões objetivas e discursivas.”. Ao ler essas duas orações, queridos CACDistas, vocês conseguem destacar onde há anáfora e onde há catáfora? Na anáfora, cujo objetivo é aludir-se ao que já foi citado, “eles” reportam-se a “alunos do Diálogo Diplomático”. Na catáfora, que cita aquilo que será apresentado, há o termo “isto”. Caros seguidores, vocês gostariam de ser orientados por meio de leituras, revisões, simulados, dicas e técnicas de prova? O professor Maurício Costa (@malcosta) abriu vagas em nossos cursos de Coaching e Redação. Falem conosco: contato@dialogodiplomatico.com.


 

terça-feira, 18 de janeiro de 2022

PAEG - Economia


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #economia #paeg

Ao estudarem economia brasileira, os alunos do Programa de Coaching do Diálogo Diplomático aprendem a definição de Plano de Ação Econômica do Governo (PAEG), gestão da administração Castelo Branco (1964-1967). Em termos econômicos, esse projeto tencionava baixar a inflação, realizar reformas que pudessem modernizar a economia brasileira, desenvolver o crescimento econômico, entre outros. É possível afirmar, ademais, que esses esforços prepararam a estrutura que resultou no chamado “Milagre Econômico”. Em meio às reformas do PAEG, estavam a reforma tributária e a reforma financeira. Na reforma tributária, o governo estipulou disciplina fiscal por meio da carga tributária, que aumentou o PIB, ampliou a base do IRPF, utilizou o FPEM. Quanto à reforma financeira, com a intenção de elevar o nível de poupança da economia brasileira, o aumento da intervenção do Estado pôde ser verificado. Como exemplos, constatam-se a extinção da Lei da Estabilidade, da Lei da Usura, da SUMOC; a criação do FGTS, do BCB, do CMN. Finalmente, houve a participação da poupança privada, da poupança do governo e da poupança externa. Depreenderam, caríssimos seguidores, que utilizamos vocábulos próprios da economia. Logo, se quiserem uma preparação que englobe as diferentes fases e matérias do CACD, com leituras, revisões, exercícios, simulados, dicas e técnicas de prova, o professor Maurício Costa (@malcosta) poderá ajudá-los. Escrevam-nos: contato@dialogodiplomatico.com.


 

segunda-feira, 17 de janeiro de 2022

Cisplatina - História do Brasil


#cacd #diplomacia #diplomata #historiadobrasil #guerra #cisplatina #mre

No Coaching Avançado do Diálogo Diplomático, nossos alunos aprendem a desenvolver argumentos, em até 90 linhas, de acordo com o que cada disciplina exige. Ao estudar o que motivou a Guerra da Cisplatina (1825-1828), em história do Brasil, por exemplo, precisa-se saber que Brasil e Argentina disputaram o território do atual Uruguai, região pleiteada pelas coroas de Portugal e da Espanha desde a fundação da Colônia do Sacramento, em 1680. Conquanto a guerra tenha durado apenas cerca de três anos, a insatisfação popular em relação a Dom Pedro I havia-se elevado, uma vez que se acreditava que o governo imperial aumentaria a cobrança de impostos com o objetivo de financiar o conflito, ademais de gerar prejuízo em relação a possíveis mortes. A pressão pública ocorreu. O Brasil, entretanto, envolveu-se na luta armada. Após reuniões entre representantes do Império do Brasil e das Províncias Unidas do Rio da Prata, decidiu-se o fim das hostilidades. Consequentemente, em agosto de 1828, foi firmado o Tratado do Rio de Janeiro, responsável pela criação da República Oriental do Uruguai. Nesse contexto, por efeito da participação da Inglaterra nas negociações, consagrou-se o dizer de um mediador inglês: “Colocamos algodão entre dois cristais.”. Futuros secretários, o professor Maurício Costa (@malcosta) pode ajudá-los a preparar-se para as diferentes fases e matérias do CACD. Para mais informações, falem conosco pelo contato@dialogodiplomatico.com.


 

sexta-feira, 14 de janeiro de 2022

Idealismo x Realismo - Política Internacional


#cacd #diplomacia #diplomata #tri #relacoesinternacionais #idealismo #realismo #mre

No Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, tem-se contato com as teorias de relações internacionais, ao estudar política internacional. Ao estudá-las, o candidato aprende que o debate originário se reporta ao idealismo e ao realismo. Na teoria idealista, acredita-se na cooperação entre os Estados, no direito internacional, no comércio, nas organizações internacionais. Seus teóricos defendem o chamado “jogo de soma positiva”, por meio do qual é possível que todos ganhem. Na teoria realista, em contrapartida, considera-se que o Estado está situado em um conflito de interesses, ademais de ele ser o ponto central do debate. Logo, seus teóricos creem não só na inexistência da cooperação, mas também em um “Estadocentrismo”, concepção na qual a maximização de poder possibilitará sua sobrevivência. É possível afirmar que, diferentemente do idealismo, que prioriza o diálogo e a colaboração, o realismo é capaz de guerrear caso se sinta ameaçado. Vocês, futuros diplomatas, conhecem seus teóricos? Saberiam apresentar suas ideias, na terceira fase, ao mencionar Wilson, Kant, Rousseau, Hobbes, Maquiavel, Morgenthau? O professor Maurício Costa (@malcosta) pode orientar os seus estudos para as diferentes fases e disciplinas do CACD. Por isso, aguardamos a sua mensagem: contato@dialogodiplomatico.com.


 

quinta-feira, 13 de janeiro de 2022

Apatridia e Polipatridia - Direito Internacional


#cacd #diplomacia #diplomata #direitointernacional #nacionalidade #mre

Ao treinar questões discursivas, os alunos do Coaching Avançado do Diálogo Diplomático estudam a definição de pessoas apátridas e polipátridas, noções que devem ser associadas à nacionalidade. Enquanto a apatridia faz alusão a quem não tem nacionalidade, a polipatridia reporta-se àqueles que têm duas ou mais nacionalidades. Será que um brasileiro nato, cuja segunda cidadania seja italiana, pode tornar-se diplomata? Se a resposta for sim, ele pode trabalhar na embaixada do Brasil em Roma, ou há alguma restrição? Nos encontros com o professor Maurício Costa (@malcosta), lê-se, revisa-se e escreve-se sobre “jus solis”, “jus sanguinis”, Lei n° 13.445/2017, Decreto 9.199/2017 etc. Ademais, a fim de reforçar as argumentações em uma questão de terceira fase, nossos alunos são atualizados quanto ao posicionamento do Brasil na agenda. Querem uma demonstração? No ano de 2018, o Brasil reconheceu as suas primeiras apátridas. Mencionamos as irmãs Maha e Souad Mamo, que receberam sua naturalização durante um evento na 69ª sessão do ACNUR, cuja entrega foi feita por Bernardo Laferté, coordenador-geral do CONARE, e por Maria Nazareth Farani Azevêdo, embaixadora do Brasil. Caso queiram uma preparação que abranja as diferentes fases e disciplinas do CACD, queridos seguidores, façam a sua matrícula por intermédio do contato@dialogodiplomatico.com.