Seguidores

segunda-feira, 27 de junho de 2022

Imunidade Diplomática - Direito Internacional


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #direitointernacional #imunidadediplomatica

Ao treinar questões discursivas no Coaching Avançado do Diálogo Diplomático, aprende-se como funciona a imunidade diplomática, em direito internacional. CACDistas, vocês conhecem a proteção que terão no exterior assim que tiverem a primeira remoção? A princípio, deve-se saber a respeito da Convenção de Viena de 1961 sobre Relações Diplomáticas, porquanto ela representa os privilégios e as imunidades obtidos por funcionários de missões diplomáticas. Posteriormente, é preciso estudar a diferença entre o Estado acreditante e o Estado acreditado, a missão diplomática e quem a chefia, as funções exercidas por um diplomata, o “agrément”, o significado e as consequências de ser considerado “persona non grata”, as imunidades recebidas pelas pessoas que acompanham o diplomata ou que trabalham com esse representante do Estado brasileiro, ainda que desempenhem tarefas diferentes das dele. Se serve de motivação, futuros secretários, ao sair do Brasil para trabalhar, vocês poderão ter privilégios previdenciários, fiscais e alfandegários. Para matricularem-se em nossos cursos de Coaching e Redação, com o professor Maurício Costa (@malcosta), redijam um e-mail para contato@dialogodiplomatico.com.


 

sexta-feira, 24 de junho de 2022

Unificação Alemã - História Mundial


#diplomacia #diplomata #cacdista #cacd #historiamundial #unificacaoalema #europa #continente

Ao estudar história mundial, no Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, nossos alunos compreendem diversos acontecimentos no continente europeu. Sobre a Unificação Alemã (1871), por exemplo, deve-se conhecer a figura de Otto von Bismarck. Este, militar e diplomata prussiano, influenciou tanto na Guerra Austro-Prussiana (1866) como na Guerra Franco-Prussiana (1870-1871). Como consequência de sua atuação política, criou-se o Segundo Império Alemão, sob o comando do imperador Guilherme I. Afirma-se que, a princípio, Bismarck desejava que a Alemanha fosse vista como uma potência satisfeita. Em meio aos projetos executados naquele contexto, complementarmente, é fundamental assimilar o que foi a Liga dos Três Imperadores, a Tríplice Aliança, o Tratado de Resseguro etc. Vocês, queridos CACDistas, sabem por que Bismarck era chamado de “Chanceler de Ferro”? Entendem a diferença entre “Realpolitik” e “Weltpolitik”? Memorizaram datas como o começo e o fim do Segundo Reich? Enviem um e-mail para contato@dialogodiplomatico.com, de modo a matricular-se em nossos cursos de Coaching e Redação. O professor Maurício Costa (@malcosta) terá prazer em ajudá-los.


 

quinta-feira, 23 de junho de 2022

Energia - Geografia


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #geografia #energia

Os alunos do Coaching Avançado do Diálogo Diplomático aprendem sobre energia, assim como elaborar um texto de terceira fase, em geografia. O candidato, por conseguinte, deve dominar as principais matrizes energéticas, visto que a banca examinadora pode citar exemplos de fontes, de países, de quem as utiliza mais, de diferenciação entre as fontes renováveis e as não renováveis etc. Por exemplo, o examinador pode citar urânio, biomassa, petróleo, carvão, comparar a utilização energética na indústria, no transporte, nas residências, distinguir as energias limpas/poluentes de diferentes Estados. Nesse último caso, recomendamos que vocês, futuros diplomatas, conheçam não apenas os assuntos que façam referência ao Brasil, mas também aos Estados Unidos, aos países da União Europeia, à China, à Índia, ao Oriente Médio, à Rússia. Querem exemplos? Cana-de-açúcar no Brasil, urânio no Irã e xisto nos Estados Unidos. Também informamos que assuntos energéticos podem ser conectados a outros pontos do edital, como meio ambiente, geopolítica, economia. Para mais informações, entrem em contato conosco pelo contato@dialogodiplomatico.com. O professor Maurício Costa (@malcosta) terá o prazer de ajudar na sua preparação.


 

quarta-feira, 22 de junho de 2022

Expressões - Português/Redação


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #portugues #redacao #linguaportuguesa #escrita #redigir #escrever #expressoes

O sentido das palavras liga-se à tradição e ao contexto de seu uso. Assim, temos vocábulos e expressões (locuções) que, por seu continuado emprego com determinado sentido, passam a ser usados sempre em determinado contexto e de determinada forma, tornando-se expressões de uso consagrado. O esforço de classificar expressões como de uso a ser evitado ou como de uso recomendável atende, primordialmente, ao princípio da clareza do texto, mas de nenhuma forma pode ser considerado a solução para todos os problemas de propriedade vocabular na segunda fase doa CACD. Ao mesmo tempo em que é possível elaborar lista não exaustiva de expressões de uso recomendável, é preciso considerar que não se trata, em nenhuma hipótese, de proibição de uso de qualquer expressão. Trata-se sempre e exclusivamente de conhecer o sentido correto do vocábulo, entender sua relação semântica, fazer uso da expressão sempre no contexto adequado e evitar a inadequação dos níveis de linguagem. Não existe proibição de uso de termos nem todos os termos usados de forma inadequada são substituíveis por outro termo. Em diversos casos, o problema de propriedade vocabular decorre da incorreta estruturação do raciocínio, geralmente fundamentada em linguagens de área, linguagem literária, linguagem coloquial e no excesso de uso de figuras de linguagem. Aos que tiverem interesse em matricular-se no Curso de Redação do Diálogo Diplomático, com o professor Maurício Costa (@malcosta), escrevam para contato@dialogodiplomatico.com.


 

terça-feira, 21 de junho de 2022

Capacidades - Direito Interno


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #direitointerno #direitocivil #capacidade #personalidade #civil #juridico

Em direito interno, os alunos do Coaching Avançado do Diálogo Diplomático aprendem a diferenciar as capacidades de direito e civil. No primeiro caso, a partir do seu nascimento, a pessoa está apta para adquirir direitos e obrigações no âmbito jurídico. No segundo, por outro lado, é necessário que exista aptidão para praticar os direitos e as obrigações adquiridos. São estudadas, dessa maneira, três tipos de situações, as quais englobam pessoas absolutamente incapazes, relativamente incapazes e capazes. Alguns exemplos são os menores de 16 anos, as pessoas sem desenvolvimento mental, os toxicômanos, os pródigos, entre outros. De modo a obter entendimento dessa parte da matéria, o candidato precisa conhecer alguns pontos do Código Civil brasileiro. Por essa razão, caríssimos seguidores, se vocês quiserem ter um acompanhamento, na preparação para o CACD, que envolva leituras, revisões, exercícios, dicas e técnicas de prova, o professor Maurício Costa (@malcosta) pode contribuir. Matriculem-se pelo contato@dialogodiplomatico.com.


 

segunda-feira, 20 de junho de 2022

Comércio Exterior - Economia


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #economia #comercioexterior

Dado que instrumentos de política comercial são tópicos presentes na matéria de economia, seus temas são estudados no Programa de Coaching do Diálogo Diplomático. Iniciamos com as tarifas, as quais são impostos que podem ser cobrados na importação e na exportação de um produto, tanto de forma “ad valorem” como de forma específica. Em seguida, compartilhamos os subsídios, os quais são caracterizados quando o governo renuncia um recebimento que teria direito e/ou quando utiliza um aporte financeiro. Por fim, fazemos alusão às quotas, que significam uma restrição na quantidade das importações. De igual modo, o aspirante à carreira de diplomata precisa compreender a lógica do que pode acontecer quando uma economia é aberta e quando uma economia é fechada, tal como a estrutura de seus diferentes gráficos. Matriculem-se em nossos cursos de Coaching e Redação, com o professor Maurício Costa (@malcosta), e estudem economia em suas perspectivas micro, macro, brasileira e internacional, queridos CACDistas. Nosso e-mail é contato@dialogodiplomatico.com.


 

sexta-feira, 17 de junho de 2022

Revolução de Avis - História do Brasil


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #historiadobrasil #portugal #revolucaodeavis #europa

Quando os alunos do Coaching Avançado do Diálogo Diplomático treinam questões discursivas, eles aprendem sobre antecedentes e contextualizações. Antes de compreender a chegada dos portugueses ao Brasil, em HB, por exemplo, é fundamental conhecer a Revolução de Avis. Entre os anos 1383 e 1385, houve uma crise, uma vez que o último rei da dinastia de Borgonha, dom Fernando I, morreu sem deixar descendente do sexo masculino. Conquanto tivesse uma filha, d. Beatriz era casada com dom João I, rei de Castela. Existia, desse modo, uma ameaça de união dinástica entre Portugal e esse reino. Afirma-se que houve uma guerra entre Portugal e Castela, cuja vitória de dom João inaugurou a chamada dinastia de Avis (1385-1580). Segundo Francisco Carlos Teixeira da Silva, essa conquista representou “um abandono da política de expansão na península Ibérica, uma aliança mais estreita com o mundo dos negócios, dos ofícios e ‘mesteres’ – embora fosse mantida a pressão em direção a uma saída dos limites estreitos do reino.”. Caros aspirantes à carreira de diplomata, se vocês visam a preparar-se para as distintas fases e disciplinas do CACD, o professor Maurício Costa (@malcosta) poderá contribuir. Redijam um e-mail para contato@dialogodiplomatico.com.


 

quinta-feira, 16 de junho de 2022

Direitos Humanos - Política Internacional


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #politicainternacional #direitoshumanos

No Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, não apenas as bases, mas também as atualidades relacionadas a direitos humanos são aprendidas, em política internacional. No século XVIII, tanto na Revolução Americana quanto na Revolução Francesa, foram criados documentos que defendiam algumas liberdades, apesar de serem em bases internas. No âmbito do fim da Segunda Guerra Mundial, percebeu-se a gravidade dos atos de violência, o que elevou tal conjuntura ao debate internacional. Seguem, portanto, alguns pontos para entendermos os DH no atual cenário: artigo I da Carta da ONU, Declaração Universal dos Direitos Humanos, Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos, Pacto Internacional de Direitos Econômicos, Sociais e Culturais, Comissão/Conselho de Direitos Humanos, entre outros temas. Vale recordar que os direitos humanos são classificados em primeira geração, segunda geração e terceira geração. Vocês sabem diferenciar cada uma delas, futuros secretários? Sabem identificar as atividades da Comissão, do Conselho, o número de membros e quem tem ligação com o ECOSOC e quem tem ligação com a AGNU? Qual foi substituído? O professor Maurício Costa (@malcosta) pode auxiliá-los por meio de leituras, revisões, exercícios, simulados, atualidades, dicas e técnicas de prova. Interessaram-se? Escrevam para contato@dialogodiplomatico.com.


 

quarta-feira, 15 de junho de 2022

Resultado Final - CACD 2022


"A Diretora-Geral do Instituto Rio Branco, no uso das suas atribuições, torna público o resultado final na Terceira Fase, a convocação para a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência e a convocação para o procedimento de heteroidentificação dos candidatos que se autodeclararam negros, referentes ao Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata de 2022.". Parabéns aos aprovados! Segue link: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/edital-n-8-de-14-de-junho-de-2022-408252712

Preposições - Português/Redação


#cacd #cacdista #diplomacia #diplomata #gramatica #preposicoes

Preposição é uma palavra invariável morfologicamente, que serve para ligar termos ou orações. Sintaticamente, relaciona as palavras, complementando-as ou explicitando-as. Semanticamente, pode estabelecer relações de sentido entre palavras ou atender a uma necessidade determinada por alguns verbos e nomes. Tipos de preposições: 1) Preposições essenciais: palavras que atuam exclusivamente como preposições. A, ante, perante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, por, sem, sob, sobre, trás, atrás de, dentro de, para com. 2) Preposições acidentais: palavras que pertencem a outras classes gramaticais que podem atuar como preposições. Como, durante, exceto, fora, mediante, salvo, segundo, senão, visto. Percebe-se que várias preposições podem ser usadas para estabelecer a mesma relação entre os termos. A escolha da preposição é feita também em função do termo regente, visto que alguns deles podem exigir sempre a mesma preposição para estabelecer determinada relação. Destino: Irei para casa. Cientistas irão fazer uma expedição para a Antártica. Modo: Chegou em casa aos gritos. Vivia com tranquilidade em uma pequena casa. Lugar: Vou ficar em casa. Tempo: A prova vai começar em dois minutos. Estudaremos durante as férias. Causa: Ela faleceu de derrame cerebral. Fim ou finalidade: Vou ao médico para começar o tratamento. Toda criança é pura demais para sofrer. Posse: Não posso doar as roupas da mamãe. Este é o caderno de Mariana. Companhia: Estarei com ele amanhã. Sairei com meu irmão amanhã. Meio: Nós vamos fazer um passeio de barco. Vitor adora andar a cavalo. Origem: Nós somos do Nordeste, e você? Voltou cansado da festa. Conteúdo: Quebrei dois frascos de perfume. Oposição: Esse movimento é contra o que eu penso. Preço: Essa roupa sai por R$ 50 a vista. Escrevam para contato@dialogodiplomatico.com e estudem com o professor Maurício Costa (@malcosta), no Curso de Redação do Diálogo Diplomático.


 

terça-feira, 14 de junho de 2022

Sujeitos de DI - Direito Internacional


#diplomacia #diplomata #cacd #direitointernacional #dip #sujeitos #organizacao #internacional #direito #mre #palacio #itamaraty #brasilia #embaixador #embaixada

No Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, estuda-se que sujeitos de Direito Internacional são aqueles que adquirem direitos/deveres/obrigações na ordem jurídica internacional.  Pode-se alegar, consequentemente, que sujeitos de DI têm personalidade jurídica internacional. Nas provas do CACD, existe a possibilidade de a banca examinadora perguntar a respeito de Estados, organizações internacionais, indivíduos, situações particulares e entidades “sui generis”. É necessário, portanto, que o candidato saiba a diferença entre cada um deles, para a primeira fase, e saiba argumentar a respeito de cada tópico, para a terceira fase. Também é possível que perguntem sobre o significado da personalidade jurídica internacional original, derivada, plena, limitada. Qual delas pertence a qual sujeito de DI? Qual desses sujeitos poderia produzir normas internacionais, responder internacionalmente, resolver contenciosos, tornar-se membro de organizações internacionais e estabelecer relações diplomáticas e consulares? O professor Maurício Costa (@malcosta) pode orientá-los para as diferentes fases e matérias do CACD, queridos seguidores. Não hesitem em procurar-nos: contato@dialogodiplomatico.com.


 

segunda-feira, 13 de junho de 2022

Napoleão - História Mundial


#cacd #diplomacia #diplomata #historiamundial #napoleao #eranapoleonica #mre

Por intermédio de leituras específicas, os alunos do Programa de Coaching do Diálogo Diplomático apreendem informações que continuam/ligam as ocorrências em cada disciplina. Em história mundial, por exemplo, ao compreender as ideias dos filósofos iluministas, assim como o que ocasionou a Revolução Francesa, o candidato torna-se apto para entender a ascensão de Napoleão Bonaparte. Este, resultado do Exército francês, participou de campanhas no Egito e na Itália. Haja vista suas habilidades e sua liderança, esse militar comandou o Exército da França. Suas ambições, contudo, fizeram-no almejar um cargo mais elevado. Bonaparte, dessa forma, tomou o poder no Estado francês, ao aplicar o "Golpe do 18 Brumário". A partir de então, iniciou-se a “Era Napoleônica”, período no qual o comandante se tornou imperador. Seus principais objetivos foram a obtenção da paz externa, a resolução da crise interna e a melhoria na economia. Caros seguidores, para que vocês não tenham um conhecimento superficial e fragmentado, nas matérias do CACD, especialmente por não saberem o que ler e quando revisar, o professor Maurício Costa (@malcosta) pode auxiliá-los, em atendimentos semanais personalizados. Aos interessados, nosso e-mail é contato@dialogodiplomatico.com. 


 

sexta-feira, 10 de junho de 2022

Divisão Internacional do Trabalho - Geografia


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #geografia #divisaointernacionaldotrabalho #dit #materiaprima #fordismo #taylorismo #toyotismo

No Coaching Avançado do Diálogo Diplomático, estuda-se a Divisão Internacional do Trabalho (DIT), em geografia. Ao avaliá-la em uma questão discursiva, a título de exemplo, o CACDista pode argumentar sobre a obtenção de matérias-primas, a elaboração de determinado produto e a sua distribuição em termos mundiais. É possível afirmar que o celular/computador por meio do qual você, caro seguidor, lê esta postagem é um exemplo de DIT. Afinal, várias partes desse produto podem ter sido produzidas em diferentes localidades, antes de chegar a você, consumidor final. Da mesma maneira, precisa-se conhecer nomes como Fordismo, Taylorismo, Pós-Fordismo, Toyotismo. Em meio a esses pontos, estão a produção em massa, a linha de montagem, a flexibilização, a desterritorialização, a produção por demanda, entre outros. Caso queiram aprender a redigir questões para as provas de segunda e terceira fases do CACD, aspirantes ao serviço exterior brasileiro, relatamos que o professor Maurício Costa (@malcosta) abriu matrículas para nossos cursos de Coaching e Redação. Logo, comuniquem-se conosco pelo e-mail contato@dialogodiplomatico.com.


 

quinta-feira, 9 de junho de 2022

Coesão e Coerência - Português/Redação


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #redacao #escrever #escrita #gramatica #portugues #linguaportuguesa

No momento de redigir um texto na segunda fase de língua portuguesa, os alunos do Curso de Redação do Diálogo Diplomático aprendem a estruturar a introdução, o desenvolvimento e a conclusão, com o objetivo de deixá-lo coeso e coerente. Escrever uma redação na qual há coesão significa dizer que existe harmonia entre os elementos textuais que o candidato apresentou ao corretor. Como exemplo, pode-se informar a existência de coesão referencial e de coesão lexical. Nesta, aplicam-se vocábulos equivalentes, para que não ocorra repetição de palavras, ao passo que uma palavra poderá fazer alusão a algum termo já utilizado naquela. Logo, na coesão lexical, o CACDista pode substituir "diplomata" por "representante", “Brasil” por “Estado brasileiro”, “chanceler” por “ministro das Relações Exteriores”, entre outros exemplos. Por sua vez, na coesão referencial, é possível conectar os argumentos ao utilizar anáfora e/ou catáfora, tópicos que são estudados na gramática da disciplina de português. Já a coerência textual se relaciona com um conjunto de informações expostas de maneira lógica e em uniformidade. Além disso, infere-se a existência tanto da coerência intertextual quanto da coerência intratextual, as quais demandam a inexistência de incoerência e de uso indevido de vocábulos e expressões, como escrever que o Brasil é país pacífico que participa de guerras, ou redigir “conquanto”, conjunção concessiva, com a intenção de escrever “portanto”, conjunção conclusiva. CACDistas, de forma a estudar português e redação com o professor Maurício Costa (@malcosta), falem conosco pelo contato@dialogodiplomatico.com.


 

quarta-feira, 8 de junho de 2022

Antinomias e Lacunas - Direito Interno


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #direitointerno #antinomia #hierarquia #especialidade #cronologia #lacuna #costume #principio #principio

No Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, estuda-se o significado de antinomia e de lacuna, bem como seus critérios existentes, em direito interno. Esta refere-se à ausência de leis, e seus critérios são analogia, costumes, princípios gerais do direito, ao passo que aquela se remete a um possível conflito de leis, e seus critérios são hierárquico, especial, cronológico. Na analogia, uma lei próxima será aplicada ao que é debatido; nos costumes, trata-se de práticas reiteradas em determinada localidade; nos princípios gerais do direito, ocorre a criação de leis. Na hierarquia, a lei superior revoga a lei inferior; na especialidade, a lei específica prevalece sobre a lei geral; na cronologia, a lei recente revoga a lei anterior, quando houver incompatibilidade entre elas. Caríssimos seguidores, visto que temos novas turmas para nossos cursos de Coaching e Redação, escrevam para contato@dialogodiplomatico.com, a fim de estudarem com o professor Maurício Costa (@malcosta).


 

terça-feira, 7 de junho de 2022

Concorrência Perfeita, Oligopólio, Monopólio, Concorrência Monopolística - Economia


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #economia #micro #concorrenciaperfeita #oligopolio #monopolio #concorrenciamonopolistica

Ao estudar microeconomia, os alunos do Programa de Coaching do Diálogo Diplomático compreendem o significado de concorrência perfeita, oligopólio, monopólio e concorrência monopolística. Vamos a alguns exemplos, futuros secretários? Na concorrência perfeita, há muitos produtores, há muitos consumidores, há inexistência de barreiras à entrada e à saída de firmas e o produto é homogêneo. No oligopólio, há poucas firmas e há existência de barreiras à entrada e à saída de firmas. No monopólio, há apenas um produtor, há existência de barreiras à entrada e à saída de firmas e esse produtor é formador de preço. Na concorrência monopolística, há muitos produtores, há inexistência de barreiras à entrada e à saída de firmas e os produtos são heterogêneos. Seguidores, vocês conseguem dizer em qual tópico podemos ligar exemplos como café, companhias aéreas, empresas de iogurte, leite, telefonias celulares, mercados de produtos capilares? Saber tais conceitos permite que o candidato não apenas pontue na primeira fase, como também tenha argumentos na prova discursiva de economia. Por isso, se o seu objetivo é chegar competitivo ao próximo CACD, o professor Maurício Costa (@malcosta) pode orientá-los com leituras, revisões, exercícios, simulados completos, atualidades, dicas e técnicas de prova. Escrevam-nos: contato@dialogodiplomatico.com.


 

segunda-feira, 6 de junho de 2022

Grandes Navegações - História do Brasil


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #historiadobrasil #mar #praia #grandesnavegacoes #territorio #pais #continente #brasil #america #europa #portugal

No Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, nossos alunos estudam bases e atualidades das matérias do edital. As grandes navegações, aprendidas em história do Brasil, aconteceram em razão da expansão marítima portuguesa. Portugal, um dos primeiros Estados Modernos a ser formado na Europa, tinha tradição náutica e localização estratégica no continente europeu. Vale recordar que esse projeto envolvia investimentos do Estado, mediante mercantilismo. Entre os objetivos da Coroa portuguesa, por conseguinte, estava a expansão da fé católica, a busca de metais preciosos e a demanda de especiarias. Os avanços técnicos, tais como bússola, astrolábio, nau e caravela, adicionalmente, foram aproveitados nessas aventuras náuticas. Futuros diplomatas, mirando o próximo CACD, anunciamos que o professor Maurício Costa (@malcosta) tem novas turmas para nossos cursos de Coaching e Redação. Ficaram interessados? Falem conosco: contato@dialogodiplomatico.com.


 

Resultado Provisório do CACD 2022


CACDistas, segue link referente ao resultado provisório do CACD 2022: https://blog.clippingcacd.com.br/cacd/resultado-provisorio-da-terceira-fase-do-cacd-2022/

Informamos, além disso, que o professor Maurício Costa (@malcosta) abriu turmas nos cursos de Coaching e Redação do Diálogo Diplomático (@dialogodiplomatico). Nosso e-mail é contato@dialogodiplomatico.com.


 

sexta-feira, 3 de junho de 2022

Pós-Guerra Fria - Política Internacional


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #politicainternacional #organizacao #nacoesunidas #onu

No Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, o professor Maurício Costa (@malcosta) orienta seus alunos por meio tanto das bases como das atualizações nas matérias do edital. Em política internacional, por exemplo, nota-se que especialistas começaram a analisar as relações internacionais a partir do fim da Guerra Fria. Francis Fukuyama disse que haveria o “fim da história”, porquanto, segundo sua concepção, a democracia liberal seria o modelo político a ser seguido. Boutros-Boutros Ghali, secretário-geral da ONU nos anos 1990, escreveu um artigo conhecido como “Empowering the UN”, assim como foi responsável por um documento chamado “Agenda para a Paz”, o qual contém cinco princípios (“Diplomacia Preventiva”, “Peacemaking”, “Peacekeeping”, “Peace Enforcement”, “Peacebuilding”). No que diz respeito à Organização das Nações Unidas, os anos 1990 ficaram conhecidos como a “Década das Conferências”. Em meio a alguns exemplos, estão a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, a Conferência Internacional de Direitos Humanos, a Conferência Internacional sobre População. Passados os anos, surgiram tópicos que todo CACDista precisa conhecer, como a “Responsabilidade de Proteger”, a “Responsabilidade ao Proteger”, além das propostas de reforma no Conselho de Segurança da ONU. Em nossos cursos de Coaching/Redação, vocês estudarão as bases das matérias, acompanharão suas atualidades e aprenderão a escrever de acordo com o padrão da banca examinadora. Matriculem-se mediante contato@dialogodiplomatico.com.

 

quinta-feira, 2 de junho de 2022

Direito Internacional Público e Privado


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #direito #internacional #dip #publico #privado #estraneidade #cpc #codigo #processo #civil

Em seu contato com o direito internacional, os alunos do Programa de Coaching do Diálogo Diplomático aprendem a diferença entre o público e o privado. No primeiro caso, entende-se o direito encarregado das interações internacionais, por meio de suas normas. No segundo, analisam-se as normas de direito interno responsáveis pelo esclarecimento de embates privados. Nessa situação, complementarmente, deve-se saber o conceito de "elemento de estraneidade", que faz referência à aplicação de uma lei estrangeira em uma nação. Da mesma forma, existem artigos no Código de Processo Civil que devem ser conhecidos pelos candidatos, que poderão capacitá-los tanto para a fase objetiva quanto para a fase discursiva de Dip. Futuros diplomatas, caso queiram preparar-se para as diferentes disciplinas e fases do CACD, temos novas turmas em nossos cursos de Coaching/Redação, com o professor Maurício Costa (@malcosta). E-mail: contato@dialogodiplomatico.com.


 

quarta-feira, 1 de junho de 2022

Usos Inadequados - Português/Redação


#diplomacia #diplomata #cacd #cacdista #portugues #redacao #escrita #gramatica #linguaportuguesa #idioma

Outro equívoco comum entre os candidatos ao CACD é o uso inadequado de algumas figuras de linguagem, especialmente metáfora, metonímia, hipérbole, prosopopeia (personificação). A boa redação para o CACD fundamenta-se na função referencial da linguagem, ou função denotativa, geralmente elaborada na terceira pessoa do singular e que oferece informações sobre a realidade. A linguagem literária, por exemplo, fundamenta-se na função poética, a qual permite e recomenda o uso de diversas figuras de linguagem como recursos de estilo e como recursos semânticos. Na linguagem poética, a plurissignificação é um mérito, a ambiguidade é um objetivo e as múltiplas interpretações são recursos importantes no bom desenvolvimento de poemas, contos e romances. Não se presta, portanto, aos textos dissertativos, mas, sim, às obras de ficção. Na segunda fase do CACD, a linguagem deve ser escorreita e correta, literal e simples, clara e objetiva. Por essa razão, no Curso de Redação do Diálogo Diplomático, discutimos os principais equívocos dos candidatos em relação a figuras de linguagem, especificamente em relação a algumas figuras de pensamento. Aos CACDistas que querem aprender a elaborar textos consoante as exigências da banca examinadora, comunicamos que o professor Maurício Costa (@malcosta) tem novas turmas. Falem conosco: contato@dialogodiplomatico.com.