Seguidores

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

França Antártica - História do Brasil

 


#cacd #diplomacia #diplomata #historiadobrasil #invasao #francaantartica #rj

CACDistas, vocês sabiam que, conquanto o Brasil tenha sido colonizado por portugueses, outras nações também se estabeleceram em nosso território? No Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, todo o contexto dessas ocupações estrangeiras é estudado. A título de exemplo, falaremos da França Antártica. Compreendam, inicialmente, que o rei da França, Francisco I, questionava a divisão de mundo entre Portugal e Espanha. Como resultado, esse monarca pedia que lhe fosse mostrado o “Tratado de Adão”, encarregado dessa partilha. Já que esse acordo não existia, no entanto, decidiu-se pela instalação da França Antártica na Baía de Guanabara (RJ). Em meio às motivações, encontrava-se o interesse comercial de peles de animais silvestres e de pau-brasil. Ainda, havia a fuga dos chamados huguenotes, protestantes que deixaram o Estado francês em consequência de guerras religiosas. Após conflitos que envolveram figuras como Mem de Sá, Estácio de Sá, e Arariboia, assim como indígenas tamoios e temiminós, os portugueses expulsaram os franceses, que retornaram em outro momento, do Brasil. Gostaram das informações? Àqueles que desejam conhecer todo o edital e suas respectivas fases, o Diálogo Diplomático oferece cursos para todos os níveis de preparação. Por isso, não deixem de entrar em contato conosco.


quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Webinar - Relações Brasil - Estados Unidos


CACDistas, vocês querem saber tudo a respeito das relações entre o Brasil e os Estados Unidos, tópico importantíssimo para o CACD? No webinar acerca das perspectivas sob a Nova Administração Americana, o Embaixador do Brasil nos EUA, Nestor Forster Jr., fala sobre as relações fortes e amistosas de longa data entre as duas nações e ouve as expectativas da comunidade empresarial para este ano. Segue link: https://www.youtube.com/watch?v=xzmGTG8da1g

 

Escrita - Português/Redação


#cacd #diplomacia #diplomata #portugues #redacao #linguaportuguesa #escrita

As análises que fazemos em nossas postagens a respeito da redação, futuros diplomatas, têm como objetivo demonstrar a relação entre os diferentes elementos constitutivos da segunda fase do CACD, desde seus aspectos gerais, como a análise diacrônica da estrutura da prova e de sua evolução nos últimos anos, até suas características mais específicas, como a adequação do nível de linguagem e os critérios de correção gramatical. Logo, a arte de escrever não se baseia na repetição de modelos estritos ou de receitas mirabolantes, nem no uso de listas de usos proibidos ou condenados – o que apenas reforça o preconceito linguístico. Escrever bem depende da compreensão dos processos de escrita, das relações sintáticas e das relações semânticas entre os termos de um período. Escrever bem nada mais é do que expressar na escrita a inteligência que todos temos e que não pode ser subestimada nem diminuída por recursos rasteiros e insuficientes que causam insegurança e prejudicam a autoestima do candidato. Escrever bem é totalmente possível mediante a repetição de exercícios. Não se aprende a escrever de outra forma que não escrevendo, não se aperfeiçoa ao raciocínio de outra forma que não raciocinando. Façamos uso adequado daquilo que diferencia o ser humano dos outros animais: o telencéfalo altamente desenvolvido e o polegar opositor, como ressalta o clássico do cinema nacional “Ilha das Flores”. Que tal treinar sua escrita em uma estrutura que simula a segunda fase do CACD, quer no nível de dificuldade, quer na cronometragem do tempo? Apresentamos-lhes o Curso de Redação do Diálogo Diplomático. Contatem-nos para mais informações.


 

terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

Paisagem - Geografia

 


#cacd #diplomacia #diplomata #geografia #paisagem #mre #itamaraty

Aspirantes ao serviço exterior brasileiro, vocês sabiam que entender o conceito de paisagem é essencial ao estudar geografia? No Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, por conseguinte, esse item é estudado seja em leitura, seja em questão. Em síntese, pode-se afirmar que paisagem é tudo aquilo que a nossa visão alcança. Depreende-se, além disso, que não apenas volumes, mas também cores, movimentos, odores, sons, entre outros exemplos, fazem parte de uma paisagem, o que pode constatar tanto objetos do passado quanto do presente. A fim de reter tal explicação, basta imaginar-se em um local alto. Ao apreciar aquele visual, será possível ver uma montanha, um prédio, um rio, uma igreja, uma árvore, uma fábrica. É possível deduzir, consequentemente, a diferença de centenas de anos em um único olhar. Percebam, queridos seguidores, a necessidade de ter argumentos para a fase discursiva, uma vez que vocês precisarão apresentar seu conhecimento ao examinador assim que estiverem na terceira fase. Desejariam uma preparação adequada, a qual envolva as distintas disciplinas e fases do CACD? Não deixem de comunicar-nos. Aguardamos a sua mensagem.


segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Emenda de Kampala - Direito Internacional


#cacd #diplomacia #diplomata #direitointernacional #tpi #emenda #kampala

Aspirantes à carreira de diplomata, ainda que novas inscrições para o CACD não tenham sido abertas, não se desmotivem. Que tal aproveitar os próximos meses para aprofundar seu conhecimento e atualizar-se nas diferentes matérias do edital? Por exemplo, em direito internacional, vocês conhecem a Emenda de Kampala? Esta se relaciona à inserção do crime de agressão nos julgamentos permitidos pelo Tribunal Penal Internacional (TPI). Essa definição havia sido estabelecida no ano de 2010, na 13º Reunião Plenária da Conferência de Revisão do Estatuto de Roma, em Kampala, capital de Uganda. O número mínimo e ratificações, porém, só foi alcançado em 2016, com a ratificação da Palestina. Vocês conhecem o posicionamento da diplomacia brasileira no que concerne a essa agenda? Sabem a data de sua vigência? O crime de agressão poderá retroagir? É preciso que o indivíduo seja nacional de um Estado-membro e que o crime tenha ocorrido em seu território para que o TPI o julgue ou não? Compreendam que essas perguntas simulam tanto a fase objetiva quanto a fase discursiva. Dessa maneira, no Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, nossos alunos recebem não só esse tipo de dica, mas também leituras, revisões, exercícios e técnicas de prova. Vocês esperam estar preparados para o próximo concurso? Nós podemos auxiliar em seus estudos. Não deixem de contatar-nos.


 

domingo, 21 de fevereiro de 2021

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

Organização para Cooperação de Xangai - Política Internacional


#cacd #diplomacia #diplomata #politicainternacional #ocx #eurasia

CACDistas, houve um tempo em que a prova de PI se resumia à PEB. Atualmente, todavia, exige-se amplo conhecimento em política internacional. Ainda assim, muitos candidatos sentem dificuldade não só no momento de elaborar materiais, mas também de atualizar-se. Vamos a um exemplo? Vocês sabem o que é a Organização para Cooperação de Xangai (OCX)? Trata-se de uma organização localizada na Eurásia, cujo objetivo está baseado na cooperação em pautas de segurança, como nos casos de terrorismo, separatismo e extremismo, de política, de economia e de cultura. Em uma prova de C/E, o examinador pode citar Estados, tais como China, Rússia, Uzbequistão, Irã, Mongólia, Índia, Paquistão, e perguntar quem é membro e quem é observador. Ademais, em uma prova discursiva, é possível que formulem uma questão sobre o contexto geopolítico na região, além de sua influência no Ocidente. Entendam, futuros secretários, que política internacional tem importância tanto na preparação para o CACD quanto na carreira de um diplomata. Logo, já que a nova data do edital foi publicada, o Diálogo Diplomático oferece um curso de Coaching Avançado, para que vocês consigam preparar-se adequadamente para todas as fases do concurso. Ainda há tempo. Gostariam de saber mais? Entrem em contato conosco.


 

Live no Instagram - Como se preparar para o TPS 2021?


Não percam a nossa live amanhã, dia 20/02/2021, em nosso Instagram, às 18h30, na qual o professor Maurício Costa falará a respeito de como se preparar para o TPS 2021. Divulguem para os seus amigos. Aguardamos a sua presença.


 

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2021

Revolução Húngara - História Mundial

 


#cacd #diplomacia #diplomata #historiamundial #revolucaohungara

Futuros diplomatas, no Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, todos os tópicos do edital são estudados e revisados, até aqueles que alguns candidatos costumam negligenciar por conta da dificuldade. Por exemplo, vocês sabem o que foi a Revolução Húngara, em história mundial? Em suma, esse cenário relaciona-se a uma revolta popular em desacordo com as políticas adotadas pelos governos da República Popular da Hungria e da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). Até chegar a 1956, ano da revolução, no entanto, é necessário compreender seus antecedentes. Afinal, na Segunda Guerra Mundial, a Hungria lutou ao lado de Roma, Berlim e Tóquio, grupo denominado "Eixo". Como resultado dessa participação, os húngaros estavam presentes na ocupação ocorrida na Iugoslávia e na invasão à União Soviética. Com o fim da guerra e as mudanças governamentais, houve repressão política e declínio econômico no país. Por isso, houve insatisfação por parte da população, o que implicou uma revolta estudantil inicialmente, em uma marcha ao parlamento de Budapeste.  Conquanto seu início tenha começado com uma delegação de estudantes, a revolta espalhou-se rapidamente pelo Estado húngaro, o que lhe proporcionou terrível instabilidade, como mortes, refúgios, prisões, fugas e denúncias. CACDistas, vocês conhecem o final dessa história? Sabem o que alterou na Hungria nas últimas décadas? A história mundial não só tem bastante relevância na primeira fase, como também dialoga com outras disciplinas, tanto na fase objetiva quanto na discursiva. Anunciamos, portanto, o nosso curso de coaching, de forma a capacitar-lhes em todas as fases do CACD. Desejam saber como? Escrevam-nos.


Edital do CACD

 


Futuros secretários, foi publicada a nova data do CACD. A primeira fase será no dia 11 de abril de 2021. Hora de dedicar-se intensamente aos estudos. Gostariam de auxílio nas diferentes fases do concurso? Contatem-nos. Segue link do DOU: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/edital-n-4-de-17-de-fevereiro-de-2021concurso-de-admissao-a-carreira-de-diplomata-304062787?fbclid=IwAR37ofGarsDW6S-9ZTvfA7GI7SoOg7n819nC0ODGSZPkbLpoZp377E6sqlE

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2021

Correção Gramatical - Português/Redação


#cacd #diplomacia #diplomata #portugues #redacao #linguaportuguesa #gramatica #correcaogramatical

A correção deve ser entendida como respeito à norma culta língua portuguesa em todos os seus aspectos. A pontuação correta, o devido respeito ao paralelismo sintático, a boa construção dos períodos e o uso preciso do vocabulário são fundamentais para que o texto seja bem desenvolvido, bem compreendido e, por consequência, bem avaliado. Na segunda fase do CACD, a correção gramatical fundamenta-se nos critérios de correção dos aspectos microestruturais, especificamente concordância nominal ou verbal; construção do período/colocação de termos; emprego de conectores; emprego de modos e tempos verbais; grafia/acentuação, pontuação, propriedade vocabular e regência nominal ou verbal. O elevado grau de exigência das normas gramaticais justifica-se pela necessidade de que os candidatos compreendam que seus textos de trabalho não são textos acadêmicos nem obras de ficção, mas, sim, documentos oficiais dirigidos ao público, que devem ser devidamente compreendidos para o pleno exercício da cidadania de qualquer indivíduo. Diversas exigências que parecem exageradas são, na realidade, formas de readaptar os candidatos à escrita da língua portuguesa, em detrimento de quaisquer linguagens específicas legítimas, porém sem alcance geral. Prezados CACDistas, se vocês desejam aperfeiçoar a escrita nas fases discursivas do CACD, o Diálogo Diplomático oferta um curso de redação completo, com exercícios e simulados. Entrem em contato conosco para mais informações.


 

terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Curiosidades de Carnaval - CACD

 


#cacd #diplomacia #diplomata #carnaval #2021 #tbt 
Futuros diplomatas, vocês sabiam que o Brasil festejou um de seus maiores carnavais há 102 anos? Afinal, o mundo superaria não apenas a Primeira Guerra Mundial, como também a Gripe Espanhola. Dado que enfrentamos outra pandemia após pouco mais de um centenário, esse será nosso tópico de hoje. Naquele contexto das primeiras décadas do século XX, encontrava-se o vírus influenza, responsável pela morte de milhões de pessoas, como a de Rodrigues Alves, presidente do Brasil. Há relatos de que o Rio de Janeiro foi uma das cidades mais afetadas no país, a ponto de haver corpos espalhados pelas calçadas, de maneira a serem recolhidos pelas autoridades, porquanto, além de capital federal, o RJ era um ponto turístico. Depois de tudo o que aconteceu nos anos 1910 no que diz respeito a guerras e pestilências, o povo ficou tão afoito para celebrar o carnaval, que ocorreu um “boom” na taxa de natalidade já no final de 1919 (se é que vocês entendem). Atualmente, enfrentamos uma situação desconfortável em relação à Covid-19. Por isso, queridos CACDistas, pedimos que vocês continuem com os cuidados e aproveitem o período livre para estudar, uma vez que o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata se aproxima. Mais uma vez, ficamos à disposição para atender-lhes e ofertamos nossos cursos de coaching e redação. Contatem-nos.


segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

Carnaval 2021 - CACD


Caríssimos seguidores, vocês sabiam que já foram comemorados dois carnavais no Brasil e que esse acontecimento também é tema no CACD? Trata-se de 1912, ano da morte de José Maria da Silva Paranhos Júnior, o Barão do Rio Branco, ministro das Relações Exteriores durante dez anos, em quatro governos distintos. Seu óbito ocorreu no dia dez de fevereiro, devido a uma insuficiência renal. Consequentemente, Hermes da Fonseca, presidente do Brasil à época, assinou um decreto de modo a remarcar o carnaval para abril. Apesar da comoção nacional por causa do falecimento de Rio Branco, a população estava eufórica, na medida em que faltava apenas cerca de uma semana para o carnaval daquele ano. Como resultado, dias depois, os foliões foram às ruas, fantasiaram-se, dançaram, beberam, cantaram. Políticos e setores da mídia, contudo, criticaram tal atitude, pois alegaram ser um desrespeito àquele que muito fez pelo Estado brasileiro. O chefe do Poder Executivo sentiu-se de mãos atadas, haja vista sua impopularidade. Logo, visto que o carnaval “oficial” havia sido mudado para abril, o povo celebrou-o não apenas dias após a morte de Rio Branco, mas também próximo à Páscoa. Em virtude de toda essa conjuntura, criaram a seguinte marcha: “Com a morte do Barão, tivemos dois ‘carnavá’. Ai, que bom, ai, que gostoso, se morresse o ‘Marechá’”. Sabiam dessa história, CACDistas? Como tem sido o seu carnaval, de muito estudo ou descanso? Como a nossa missão é trazer-lhes sempre conteúdo, colocamo-nos à disposição para ajudar-lhes com as dúvidas, tal como anunciar-lhes nossos cursos de coaching e redação, válidos para todas as fases do concurso. Aguardamos o seu contato.


 

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2021

Direito Constitucional Intertemporal - Direito Interno

 


#cacd #diplomacia #diplomata #constituicao #direitointerno #direitoconstitucionalintertemporal

Aspirantes ao serviço exterior brasileiro, o Programa de Coaching do Diálogo Diplomático não só atualiza seus alunos consoante as novidades em cada disciplina, mas também os orienta no que diz respeito aos princípios de cada matéria do edital. No estudo do direito interno, por exemplo, vocês conhecem o significado de direito constitucional intertemporal? Esse tópico relaciona-se à maneira com a qual as leis incidirão aos casos concretos, no decurso do tempo, mediante uma nova lei/constituição. Como resultado, haverá dois eventos jurídicos, os quais se chamam recepção/não recepção e desconstitucionalização. Este analisa a ligação entre a constituição anterior e a nova constituição, ao passo que aquele se encarrega de avaliar o vínculo entre as leis infraconstitucionais anteriores à nova constituição federal e o novo texto constitucional. Vocês, CACDistas, sabem algum exemplo jurídico para argumentar em uma possível questão na terceira fase? Essas dicas e técnicas de escrita também estão presentes em nossos cursos. Para mais informações, não deixem de escrever-nos.


quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Produtos elásticos e inelásticos - Economia


#cacd #diplomacia #diplomata #microeconomia #economia #elasticidade #elastico #inelastico

Prezados seguidores, ao matricularem-se no Coaching Avançado do Diálogo Diplomático, vocês conhecerão o padrão de correção da fase discursiva, assim como lerão, revisarão e treinarão questões em simulados. Adicionalmente, nossos alunos recebem técnicas e dicas de prova. Para exemplificar, futuros diplomatas, perguntamos se vocês já conhecem o item sobre elasticidade. Trata-se da sensibilidade que surge no momento de demandar ou ofertar um produto, em resposta a mudanças no preço. Enquanto o elemento elástico pode ser alterado em razão de variações, o inelástico permanece praticamente intacto, a depender de sua necessidade. Solicitamos que vocês façam o seguinte “brainstorming” quando estiverem na prova de economia de terceira fase deste ano. Na elasticidade-preço da demanda, precisa-se saber a necessidade daquele consumo (essencial ou supérfluo), a existência de produtos substitutos próximos e a sua importância no orçamento. Em contrapartida, a elasticidade-preço da oferta pode ser influenciada pela existência de capacidade (ociosa ou no limite), pela variedade do setor e pelo tempo estimado na superação de possíveis desafios. Igualmente, aconselhamos que vocês conheçam gráficos, dado que eles costumam aparecer na primeira fase. A curva vertical é perfeitamente inelástica, pois se refere a bens dos quais não se pode abrir mão. A curva horizontal, entretanto, é perfeitamente elástica, porquanto trata dos bens que não serão consumidos se estiverem fora do preço de mercado. Com essas informações, queridos CACDistas, vocês estão aptos a uma questão discursiva sobre elasticidade. Gostariam de conhecer os outros tópicos do edital? Contatem-nos.


 

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Economia na América Portuguesa - História do Brasil

 


#cacd #diplomacia #diplomata #historiadobrasil #economia #americaportuguesa

Futuros secretários, no Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, vocês adquirem o entendimento acerca de como as matérias se associam. Para fins de história do Brasil, a título de exemplo, é necessário compreender o funcionamento econômico de sua origem. Primeiramente, deve-se saber da importância do açúcar, já que tal produto era considerado uma especiaria no continente europeu. Seu valor, consequentemente, seria alto, o que tornou sua produção vantajosa. Além disso, pode-se afirmar que, no Brasil, foi encontrado solo fértil e clima favorável à produção. No que diz respeito à organização na colônia, havia a casa grande, a lavoura, a moenda e a senzala, as quais, respectivamente, se referem à moradia do senhor de engenho, ao cultivo, ao local de produção e ao alojamento da mão-de-obra. Vale lembrar, caríssimos CACDistas, que, a despeito do trabalho inicial indígena, a execução das tarefas foi majoritariamente africana/escrava e durou séculos. Afinal, acreditava-se que os índios conheciam as rotas de fuga, os alimentos disponíveis, assim como deveriam ser catequizados. Em contrapartida, os africanos não só desembarcavam em terras desconhecidas, como também geravam lucros exorbitantes àqueles que decidiam tratá-los como posse. Prezados seguidores, se vocês esperam ter contato com todas as disciplinas e fases do CACD, nós podemos auxiliar mediante nossos cursos de coaching e redação. Falem conosco. 


terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

IBGE - Geografia

 


#cacd #diplomacia #diplomata #geografia #ibge #atualidades

No Coaching Avançado do Diálogo Diplomático, ademais dos cadernos de aula, das leituras indicadas, dos exercícios e dos simulados, nossos alunos recebem indicações acerca de quais fontes utilizarem no momento de atualizar-se. Por exemplo, prezados seguidores, vocês costumam acessar o site do IBGE? Trata-se do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, criado nos anos 1930, cuja competência se relaciona às geociências e estatísticas sociais, demográficas e econômicas, o que inclui realizar censos e organizar as informações obtidas. Desse modo, conhecer tal ferramenta permite que os aspirantes à carreira de diplomata se informem quanto a diversas pautas presentes no edital do CACD, como a agropecuária, econômica, demográfica, populacional. Candidatos, ainda que ainda não haja uma data estabelecida para o próximo CACD, recomendamos que vocês tenham uma rotina diária de estudos, tendo em vista o conteúdo do concurso. Por isso, caso busquem orientação sobre o que ler, como escrever, quando revisar, entre outras dúvidas que os CACDistas têm, nós podemos ajudar. Enviem-nos uma mensagem. 


segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

Linguagem da prova - Português/Redação

 

#cacd #diplomacia #diplomata #portugues #linguaportuguesa #redacao #texto

A linguagem  exigida  na  segunda  fase  do  CACD  tem  como  características a clareza e a simplicidade, ao contrário do rebuscamento e  do  “pedantismo  vocabular”.  O  principal  objetivo  do  texto  a  ser  escrito  para  a  segunda  fase  do  CACD  é  o  de  ser  compreendido  por  qualquer falante alfabetizado da língua portuguesa. A  clareza  e  a  simplicidade  exigidas  do  candidato  nesta  etapa  implicam  a  impossibilidade  de  aplicação  de  diversos  níveis  de linguagem, tais como uso de jargão ou linguagem de área, uso de linguagem literária, uso de linguagem coloquial, uso excessivo de metáforas, analogias e demais figuras de linguagem. Vocês já sabem diferenciá-los, queridos CACDistas? No Curso de Redação do Diálogo Diplomático, vocês terão encontros semanais, nos quais aprenderão não só gramática e estrutura textual, mas também resolverão questões e simulados, a fim de estarem aptos à segunda fase do próximo CACD. Gostariam de obter mais informações? Aguardamos o seu contato.

 

 

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Convenção de Palermo - Direito Internacional


#cacd #diplomacia #diplomata #direitointernacional #convencao #palermo #onu

CACDistas, apesar das incontáveis convenções no direito internacional, há aquelas as quais o candidato não pode deixar de conhecer detalhadamente, haja vista sua frequência no concurso, além de sua relevância no cenário global. A título de exemplo, perguntamos se vocês já conhecem a Convenção de Palermo, conteúdo igualmente aprendido, revisado e treinado em questões no Coaching Avançado do Diálogo Diplomático. Compreendam, futuros diplomatas, que essa medida tem relação com o combate ao crime organizado transnacional. Afinal, uma vez que a globalização tem interligado diferentes grupos de distintas nações, percebeu-se, na pauta da Assembleia Geral das Nações Unidas (AGNU), a necessidade de cooperação. Gerou-se, por conseguinte, a Convenção de Palermo nesse contexto, aprovada pela AGNU em 2000, em vigor desde 2003. Complementarmente, deve-se saber que essa convenção contém três protocolos, que incluem particularidades do crime organizado. Anotem-nos: Prevenção, repressão e punição do tráfico de pessoas, em especial mulheres e crianças; Combate ao tráfico de migrantes por via terrestre, marítima e aérea; Protocolo contra a fabricação e o tráfico ilícito de armas de fogo, suas peças e componentes e munições. Outrossim, entendam que os Estados que ratificaram essa convenção se comprometem com a tipificação criminal na legislação nacional de atos como participação em grupos criminosos organizados, lavagem de dinheiro, corrupção e obstrução da justiça, bem como a facilitação em processos de extradição, assistência legal mútua e cooperação policial. Curtiram? Temos matrículas abertas para todos os níveis de preparação. Aguardamos o seu contato.


 

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

Política Externa Brasileira - Política Internacional


#cacd #diplomacia #diplomata #politicainternacional #peb #ri #brasil #mre

No Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, nossos alunos aprendem os diferentes posicionamentos da política externa brasileira (PEB) ao longo dos anos. Afinal, uma vez que o CACDista almeja representar os interesses do Brasil no mundo, conhecer sua diplomacia faz-se essencial, seja na preparação, seja na carreira. A princípio, caríssimos seguidores, segundo a literatura, informamos que a PEB pode ser dividida de duas formas e com subdivisões: americanismo, ideológico ou pragmático, e universalismo. Tais estratégias baseiam-se em dialogar mais ou com os Estados Unidos da América ou com diferentes nações, com base no conceito da diversificação de parcerias. Além disso, existem princípios que fazem parte da tradição de nossa política externa. Logo, conhecê-los é fundamental. Como exemplos, encontram-se o multilateralismo, a autodeterminação dos povos, a não intervenção pelo uso da força, o desenvolvimento global. Com essas informações, futuros secretários, vocês teriam bons argumentos em uma prova discursiva. Reiteramos que, embora muitos candidatos tenham dificuldade em organizar materiais direcionados para o CACD, é possível preparar-se corretamente com a finalidade de obter altas pontuações. Desejam saber como? Contatem-nos.


 

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021

Conferência de Belgrado - História Mundial


#cacd #diplomacia #diplomata #historiamundial #belgrado #irbr #mre

No Programa de Coaching do Diálogo Diplomático, obtém-se a compreensão de contextos históricos, por meio de leituras, revisões e exercícios, assim como do conhecimento da banca. Para exemplificar, em história mundial, o candidato tem contato com a Conferência de Belgrado, encarregada da consolidação do chamado “Movimento dos Não Alinhados”. Trata-se do ano de 1961, ainda na conjuntura da Guerra Fria, período no qual alguns países optaram pelo não alinhamento, muito embora fossem mais próximos dos Estados Unidos ou da União Soviética. Adicionalmente, pode-se corroborar que esses Estados defendiam causas como a independência, o combate à pobreza, o desenvolvimento econômico. Afinal, considerava-se que essa união, representada por 55% da população mundial e cerca de dois terços dos membros das Nações Unidas, teria voz no cenário internacional. Em forma de dica de prova, caros CACDistas, recomenda-se que vocês saibam quem foram os Chefes de Estado e de Governo que participaram da conferência, na medida em que a banca pode inserir outros nomes com o objetivo de fazê-los errar na prova de C/E. Logo, pode-se afirmar que lideranças como Jawaharlal Nehru, da Índia, Sukarno, da Indonésia, Gamal Abdel Nasser, do Egito, Kwame Nkrumah, de Gana, Ahmed Sékou Touré, da Guiné, e Josip Broz Tito, da Iugoslávia, foram personagens em destaque na ocorrência supracitada. Curtiram as informações, futuros secretários? No Diálogo Diplomático, vocês aprendem acerca de como os diferentes tópicos do edital costumam ou podem ser cobrados no concurso. Não percam tempo, aguardamos o seu contato.


 

terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

Revogação - Direito Interno


#cacd #diplomacia #diplomata #direitointerno #revogacao #mre

Visto que conhecer termos técnicos pode elevar a nota do candidato nas provas, o Coaching Avançado do Diálogo Diplomático prepara seus alunos mediante dicas, técnicas, leituras, revisões, questões e simulados. No direito interno, por exemplo, compreender o significado de revogação é essencial tanto na fase objetiva quanto na fase discursiva. Essa parte da matéria, futuros diplomatas, refere-se ao impedimento da continuidade do exercício de uma lei. Afirma-se, além disso, que a impossibilidade da execução de um ato normativo gera efeitos futuros. Pode-se concluir, consequentemente, que determinada lei, conquanto seja revogada, terá seus efeitos válidos até o momento de sua revogação. CACDistas, a fim de que vocês não cometam equívocos na prova de C/E, tampouco deixem de argumentar o que foi pedido em um enunciado de terceira fase, sugere-se que vocês conheçam o significado dos efeitos “ex tunc” e “ex nunc”. Enquanto este não retroage e vale para o futuro, aquele retroage e vale para o passado e para o futuro. Gostaram das dicas? Se vocês buscam uma preparação que lhes capacite conhecer não só as disciplinas do CACD, como também a maneira como a banca costuma elaborar questões, nós estamos à disposição para ajudar-lhes. Caso desejem conhecer os nossos cursos, basta entrar em contato. Aguardamos a sua mensagem.


 

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2021

Aspectos Gerais - Português/Redação


#cacd #diplomacia #diplomata #portugues #linguaportuguesa #gramatica #redacao

A segunda fase do Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD) tem-se constituído uma das etapas mais importantes do concurso, não somente porque a nota final da segunda fase é somada ao resultado final do candidato no CACD, mas também porque se trata da única prova discursiva eliminatória, com nota mínima de sessenta pontos. O bom desempenho na segunda fase é decisivo para o resultado final do candidato. Para alcançar resultado satisfatório, é necessário compreender a prova de forma a assimilar suas características e as exigências que delas decorrem. Essas características dizem respeito à estrutura da prova, ao formato das questões, aos conteúdos que baseiam as questões, à linguagem e à correção gramatical. Após a compreensão geral dessas características, deve-se aprofundar o conhecimento dos critérios específicos de correção tanto da estrutura formal quanto da estrutura argumentativa dos textos. Muito embora se possa afirmar que as formas de escrever bem são universais, a segunda fase do CACD exige do candidato mais do que apenas escrever bem. É preciso escrever acima da média, saber fazer uso da norma culta, priorizar a clareza e a simplicidade da linguagem e, ao mesmo tempo, demonstrar capacidade de desenvolver argumentos a análises complexas. Por isso, caríssimos seguidores, o Curso de Redação do Diálogo Diplomático oferece encontros semanais, nos quais os alunos não só recebem dicas gramaticais e técnicas de prova, como também formulam textos e fazem simulados, com o intuito de aperfeiçoar todas as habilidades necessárias na segunda fase do CACD. Interessaram-se? Contatem-nos.